Políticas de engajamento a uma educação ambiental

Participação ativa na preservação do meio ambiente

Por Ravena Albuquerque


“Ambiente é o Meio”. Esse é o nome de um dos programas da Rádio USP. A ideia é pensar que buscar conhecimento e engajamento com relação ao ambiente é cuidar do meio em que existimos, do local em que nos é permitido a vida. Embora às vezes a gente perca essa temática de vista, preocupar-se com o meio ambiente e com as mudanças climáticas é um tema crucial e urgente à humanidade hoje.


Mas, o que isso tem a ver com a educação? Segundo o pesquisador Clóvis Cavalcanti, os três parâmetros para a regulação ambiental são: gestão participativa, diálogo e EDUCAÇÃO! Ou seja, a educação tem um papel essencial no engajamento da sociedade e dos setores público e privado para garantia de um meio saudável à vida humana e das outras espécies.


Historicamente, a partir da I Conferência Intergovernamental de Educação Ambiental de Tibilise, em 1977, a educação ambiental foi introduzida como estratégia para conduzir a sustentabilidade ambiental e social a nível mundial. A conferência foi organizada pela UNESCO e PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) e a educação ambiental passou a ser pensada na ação conjunta do Estado, da sociedade civil e das instituições de ensino.


Para se pensar em estratégias no campo da educação, estudos em determinadas escolas mostram que, mais que oferecer conteúdo sobre questões voltadas ao meio ambiente, estimular os estudantes a se envolverem em ações e trabalharem em soluções é uma grande forma de engajamento ambiental e social.


A exemplo temos a escola Lanier Middle School, nos Estados Unidos, que iniciou projetos ambientais a partir de pequenas ações, mais voltadas para a área de Ciências. Mas, tendo o apoio dos gestores escolares, de líderes governamentais, do interesse dos professores e do entusiasmo dos alunos, os projetos ampliaram-se para as mais diversas áreas de conhecimento. Foi percebido, com isso, que a interdisciplinaridade era um grande componente para uma educação e engajamento socioambiental eficaz.


Nesta escola, os projetos facilmente se relacionavam com as disciplinas de Linguagens, pois os alunos começavam a usar da escrita para formularem propostas de resolução e a pensarem em novos projetos dentro da escola e para fora com a comunidade local. Em seguida, os projetos ambientais foram relacionados com estudos sociais ao estudar a História de certos lugares geográficos e analisar construções humanas que geravam algum impacto ambiental.


Assim, a educação ambiental é muito importante para o desenvolvimento científico das crianças e adolescentes, tendo em vista que estas ações provocam aos estudantes habilidade de analisar problemas, reunir dados e informações, construir argumentos eficazes e até mesmo influenciar em decisões políticas.


Na implementação de políticas públicas educacionais, a participação do Estado é irrevogável. Porém, ela só pode ser efetivada a partir do diálogo - constante e saudável - com a sociedade e as instituições de ensino. Pensar uma educação ambiental promove - e requer - uma transformação social e cultural. E, pensando-a como política pública, em 1999 foi aprovada a Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA–lei 9795/99). Além de conceituar a educação ambiental como uma responsabilidade individual e coletiva, também enfatiza a interdisciplinaridade metodológica como:


“componente essencial e permanente da educação nacional, devendo estar presente, de forma articulada em todos os níveis e modalidades do processo educativo, em caráter formal e não-formal” (art. 2º).


Portanto, promover ações de engajamento à educação ambiental é também educar para a cidadania, formar uma coletividade que é responsável pelo espaço que habita. Os estudantes são estimulados a terem uma participação ativa e se verem como protagonistas da conservação do espaço em que vivenciam. Além disso, a educação ambiental gera um ensino à cultura de autogestão e autonomia dos estudantes, com relação à sua vida de estudos, ao mundo de trabalho e à organização de seus próprios espaços.


A partir da situação na escola Lanier Middle School, eles elaboraram estratégias-chave para pensar a educação ambiental nas escolas:

  1. Colocar os estudantes no centro: Os alunos sentem-se mais engajados e responsáveis pela causa além de quererem ter voz participativa;

  2. Empoderar os professores: As oportunidades de aprendizagem profissional permitem aos professores compartilharem estratégias e desenvolverem práticas de ensino em colaboração com colegas;

  3. Construir relações com a comunidade: O contato com potenciais parceiros e aliados na comunidade precisa ser contínuo, com papéis e expectativas devidamente definidos.


Desse modo, ao invés de pensar o meio ambiente como sinônimo de “natureza”, podemos pensar nele como a base onde ocorrem as interações entre o meio físico-biológico e as sociedades e suas culturas. A educação ambiental, então, se configura como um processo educativo que busca materializar o conhecimento acerca do meio ambiente, pensando-o como um componente ético e político dentro das relações econômicas e da vida em sociedade.

 

Referências:


Educação ambiental como política pública. Marcos Sorrentino; Rachel Trajber Patrícia Mendonça; Luiz Antonio Ferraro Junior. https://www.scielo.br/j/ep/a/WMXKtTbHxzVcgFmRybWtKrr/?format=pdf&lang=pt#:~:text=As%20pol%C3%ADticas%20p%C3%BAblicas%20em%20educa%C3%A7%C3%A3o,educa%C3%A7%C3%A3o%20ambiental%20cr%C3%ADtica%20e%20emancipat%C3%B3ria


Edutopia. Climate Justice Projects Combine Science and Citizenship. https://www.edutopia.org/article/climate-justice-projects-combine-science-and-citizenship


Ambiente é o Meio. Rádio USP. https://jornal.usp.br/radio-usp/sinopses/ambiente-e-o-meio/


Plano Nacional de Educação Ambiental. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9795.htm


Conferência Intergovernamental de Tbilisi e a Educação Ambiental - 1977. Portal Educação. https://siteantigo.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/biologia/conferencia-intergovernamental-de-tbilisi-e-a-educacao-ambiental-1977/20074#:~:text=A%20Confer%C3%AAncia%20Intergovernamental%20sobre%20Educa%C3%A7%C3%A3o,de%20ter%20ocorrido%20neste%20local

58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo