Os benefícios de desenvolver uma rotina de reflexão

Educadores comprometidos com a melhoria contínua fazem pausas para ajustes


Nunca antes a profissão de educador foi tão demandante. Durante esta pandemia, todos são convidados a acordar todos os dias prontos para trabalhar, criar aulas envolventes e manter sua própria saúde mental e a de seus alunos e colaboradores.


Para continuar firme nestes tempos de incerteza, é essencial que os educadores adquiram um senso de controle. O desenvolvimento de uma prática reflexiva é uma ferramenta importante para este trabalho. A boa notícia é que, em algum nível, já se está pensando sobre o que está funcionando e o que não está. Por meio de uma abordagem mais formal, é possível começar a aprimorar sua prática, colaborar com colegas e começar a desenvolver novas habilidades de gestão de sala de aula, de equipes e de comunicação. Aqui vão algumas dicas para ajudar você nesse processo!


1. Registre sua experiência


Reserve um tempo para bloquear as influências negativas ao seu redor e reflita sobre o que você tem controle sobre: ​​sua prática diária. Manter um diário reflexivo é uma ótima maneira de começar este trabalho. Desenvolver uma prática de registro no diário não é uma ideia nova, no entanto, esta atividade irá ajudar você a construir resiliência.


Considere questões como:

  • Com relação à comunicação com minha equipe, o que funcionou? O que não funcionou?

  • Com quais pessoas hoje eu pude contar para desenvolver uma tarefa ou resolver um problema?

  • Eu agradeci pelo trabalho de alguém? Por que sim ou por que não?

  • Tive algum momento de verdadeira conexão com algum membro da equipe escolar? Que efeitos esse momento gerou?


Responder a essas perguntas não deve levar mais de 10 minutos. Ao escrever, tente anotar os pontos importantes que você considera mais relevantes para sua análise de prática. Refletir sobre os aspectos que funcionaram bem como pensar sobre o que não funcionou são igualmente importantes.


Além disso, se você estiver presencialmente na escola, reflita sobre membros da comunidade que ainda não puderam retornar fisicamente. Perguntas como “Como posso transferir o que funcionou presencialmente para uma experiência online?” ajudará você a construir seu repertório para atividades remotas com base em sucessos pessoais. Essa reflexão também ajudará você a pensar estrategicamente sobre as mudanças pelas quais sua escola está passando.


2. Crie uma questão norteadora


É fácil reconhecer o que não funcionou. Entretanto, é muito mais desafiador transformar essas lutas em perguntas reflexivas para melhorar sua prática. Criar perguntas norteadoras é uma maneira de começar este trabalho mais profundo. Comece desenvolvendo sua pergunta em torno de uma auto-observação. Por exemplo, talvez você tenha percebido que não teve tempo suficiente para cumprir com todas as demandas do seu dia. Exemplos de perguntas orientadoras para esta situação podem incluir:

  • Como posso criar oportunidades de desenvolvimento para os membros da minha equipe?

  • Como posso proporcionar ambientes de troca e trabalho mais coletivos e colaborativos?


É importante ter certeza de que sua pergunta está relacionada a uma observação específica que você fez sobre sua própria experiência. Tente não tornar suas perguntas orientadoras muito amplas, elas devem se referir a ajustes que você pode implementar imediatamente em sua prática .


3. Compartilhe com um colega


Convide um colega, da sua escola ou não, para acompanhar você nesse processo. Se esse tipo de interação é novo para vocês dois, reserve um tempo para se conhecerem profissionalmente. Compare seus estilos de gestão, incluindo seus pontos fortes, bem como suas áreas de crescimento. Este processo de construção de relacionamento não precisa levar meses para ser realizado. A chave é se envolver em conversas atenciosas, honestas e focadas desde o início. Compartilhe suas questões norteadoras e, em seguida, trabalhando juntos, discutam as soluções. Os iniciadores de conversa podem incluir perguntas como estas:

  • Você já teve uma experiência parecida?

  • Você usou alguma estratégia que deu certo?

  • Existem estratégias que você pensou que funcionariam, mas não funcionaram?


Falar sobre sucessos e fracassos no que se refere às suas práticas permite uma discussão mais rica. Use o tempo de trabalho colaborativo para compartilhar conhecimento, criar inspiração e desenhar soluções às suas questões norteadoras.


Dê um passo adiante, convidando seu colega para observar seus novos objetivos de trabalho. Ao trabalhar com outro gestor dessa maneira, você está construindo uma rede, desenvolvendo empatia com os colegas e aumentando o conhecimento coletivo de sua comunidade escolar.


O engajamento nessas práticas ajudará a manter você engajado(a) e presente em seu trabalho. Equilibrar uma mentalidade reflexiva com ajustes à sua prática o ajudará a se manter atento(a) e no controle das suas ações durante esses tempos incertos.

 

Referências:


Collins, Megan. Edutopia. “The Benefits of Developing a Reflective Routine”. Janeiro de 2021. Disponível em: https://www.edutopia.org/article/benefits-developing-reflective-routine

107 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo