• João Paulo Campos

Eu Ensino de Casa!

Relatos de um professor... ensinando durante a pandemia


No cenário de suspensão das aulas presenciais em todo o país e em boa parte do mundo, tornou-se inevitável o uso de tecnologias e de novas modalidades de ensino-aprendizagem nesse período de distanciamento social. No Brasil não foi diferente! No início das medidas de restrição, boa parte das redes públicas e privadas do país adotaram a estratégia de antecipar o recesso escolar do meio do ano para as primeiras semanas de suspensão. Entretanto, com a manutenção da suspensão das atividades escolares presenciais, pouco a pouco, redes voltam às aulas, mas com diversas atividades sendo oferecidas remotamente.


São Paulo, Pernambuco e até mesmo Paraná já adotam vídeo aulas pelas internet e vários professores estão sendo estimulados a gravar aulas e transmitir lives. Um ponto em comum é que boa parte dessas aulas está sendo feita de modo expositivo. Algumas iniciativas até tentam reproduzir a ideia de sala de aula e a visão do aluno, ou seja o professor aparece como se estivesse na sala com o estudante sentado e observando a aula.


Todas são iniciativas louváveis, mas como professor, eu sabia que aulas expositivas têm um baixo nível de atenção para meus estudantes presencialmente e a situação à distância piora, com todas as distrações que o ambiente muitas vezes pouco ideal de casa proporciona para a aprendizagem. Até mesmo agora, com farta oferta, os cursos online quando seguem o modelo expositivo têm uma baixa taxa de finalização e de concentração e dedicação por parte dos estudantes.


Por isso, minha iniciativa como professor antes de propor aulas foi tentar entender os sentimentos dos estudantes. E eu descobri que eles gostariam, neste período, de atividades dinâmicas. Toda essa suspensão de aulas tem sido um convite à reinvenção da escola e da educação como um todo e, para suprir essa demanda, propus a minhas turmas de nono ano a utilização de uma plataforma para estudos da Khan academy.


Baseada na pedagogia para o domínio, a Khan academy tem uma plataforma de auxílio ao professor com conteúdo das disciplinas de ciências, matemática e língua portuguesa, totalmente alinhado à BNCC. A plataforma permite acompanhar o desempenho dos estudantes de maneira individual e até mesmo sugerir atividades personalizadas de acordo com o domínio dos assuntos estudados, tudo isso em uma plataforma gamificada que explora múltiplas atividades e de uso intuitivo.


Nesse piloto que estamos executando, os estudantes estão competindo com pontos e estudando os assuntos de forma autônoma, mas sempre interagindo no grupo de Whatsapp com os colegas e comigo, como professor da turma, para a resolução de dúvidas e aprofundamento de temas de interesse. Os estudantes aprendem, se divertem e se desenvolvem numa rotina de estudar por conta própria ajudando uns aos outros e consolidando uma cultura de aprendizagem própria.


Quanto a mim, como professor, há uma reinvenção! Ao invés de brigar pela atenção dos estudantes e competir com a tecnologia e as informações rápidas conseguidas através da internet, posso inovar. Então deixo o papel de ser produtor e construtor de conteúdo, que ocorre em momentos mais expositivos em sala de aula ou em lives que simulam uma sala de aula tradicional, e posso atuar como mediador da aprendizagem, aprofundando temas, supervisionando defasagens, tirando dúvidas e fazendo curadoria de conteúdo para os estudantes.


O próprio criador da Khan academy, o matemático Salman Khan em recente entrevista destacou que um ponto positivo que pode ser construído nesse período de aulas remotas é a construção de hábitos de aprendizagem, o que também chamamos de cultura de aprendizagem, tendo efeitos positivos na volta das aulas presenciais e em todo o desenvolvimento do estudante.


Nossa experiência tem gerado grandes aprendizados e começamos a ter evidências de que esses hábitos começam a ser desenvolvidos, dia após dia. Não precisamos reinventar a roda e criarmos mais conteúdo para podemos avançar mais! Ainda podemos contemplar várias habilidades da BNCC como a comunicação, a cultura digital entre outras.


Vamos juntos nessa oportunidade? E o que você está fazendo nesse período de pandemia com seus estudantes, conta para gente?



EU ENSINO

Conectando experiências, desenvolvendo líderes.

  • Facebook Basic Black
  • Black Instagram Icon
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Twitter