Brincar de faz-de-conta

Brincadeiras criativas e imaginativas aumentam o sucesso acadêmico das crianças


“Nada de brincadeiras até você terminar sua lição de casa!”


Todos já ouvimos isso antes. Contudo, novas pesquisas sugerem que brincadeiras criativas e imaginativas aumentam o sucesso acadêmico das crianças.


Crianças naturalmente brincam de faz-de-conta. Hoje, estudos apontam como brincadeiras baseadas na imaginação podem ser usadas para prepará-las para a escola. Em uma série de estudos, um grupo de pesquisadores liderados por Singer ensinaram a pais, professores e provedores de cuidados domiciliares jogos de faz-de-conta que incluem ensinamentos sobre números, cores, formas, vocabulário e leitura. Esses pesquisadores concluíram que crianças que brincam com seus responsáveis desses jogos imaginativos ganham significativas habilidades preparatórias em comparação a um grupo de controle no qual os pais e professores dessas crianças não aprenderam essas brincadeiras. Sabe-se também, que brincar é importante para os adultos que cuidam das crianças, pois os envolve como parceiros por completo no desenvolvimento das crianças.


Uma porcentagem significativa de crianças, principalmente aquelas de famílias menos privilegiadas, entram no jardim de infância despreparadas para aprender. Ainda que cuidados de alta qualidade de pais e outros cuidadores melhoram a preparação de crianças para a escola, engajar pais e crianças em técnicas de intervenção precoce pode ser difícil. Brincadeiras baseadas na imaginação é um tipo de cuidado que pode ser divertido para ambos, é mais fácil de ensinar do que outras intervenções, e é efetiva em preparar as crianças para a escola.

O aprendizado por meio de brincadeiras de faz-de-conta já foi incorporado em currículos em vários estados americanos. Pesquisadores também criaram e distribuíram um projeto através de vídeos, chamado “Aprendendo por meio de brincadeiras como preparação para a escola”. Com um financiamento do Departamento de Educação americano, 2700 cópias desses vídeos foram distribuídos para diversas instituições e organizações que servem comunidades de baixa renda. Esse projeto ensina pais, professores e outros cuidadores a engajar crianças de 3 a 5 anos em jogos de aprendizado intrinsecamente motivadores, que geram melhorias em habilidades chaves e prontidão para o aprendizado das crianças, como por exemplo, aprimorando o seu vocabulário.


Se você dá aula para o Ensino Infantil e já traz essas brincadeiras para a sua turma, perceba o impacto positivo que você têm na vida futura delas na escola. Se você ainda não faz, que tal pensar em uma atividade faz-de-conta para a próxima aula? E depois não deixe de nos contar como foi aqui nos comentários!

0 visualização

EU ENSINO

Conectando experiências, desenvolvendo líderes.

  • Facebook Basic Black
  • Black Instagram Icon
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Twitter